Apresentação

poeticas-orais-novo

O IV SEMINÁRIO BRASILEIRO DE POÉTICAS ORAIS: narrativas, performances, cantos e seus arquivos de saberes dá continuidade a uma iniciativa surgida a partir do GT de Literatura Oral e Popular da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Linguística e Letras (ANPOLL) em 2010. O GT, fundado em 1988 por Idelette Muzart Fonseca dos Santos, Bráulio do Nascimento, Jerusa Pires Ferreira e Boris Schnaiderman, é um dos mais antigos em funcionamento na ANPOLL. Desde aquela época, o Grupo vinha se mostrando inovador e a partir dos debates e dos novos participantes que ingressaram ao longo do tempo, surgiu a necessidade de ampliação da abrangência de suas pesquisas, tendo em vista o caráter marcadamente interdisciplinar dos estudos que foram sendo incorporados. Assim surgiu a ideia do Seminário Brasileiro de Poéticas Orais que está caminhando para sua quarta edição. Concebido como um espaço ampliado de discussão sobre os temas de interesse dos pesquisadores do GT de Literatura Oral e Popular da ANPOLL, o Seminário está além dele, atraindo e agregando pesquisadores das poéticas orais, com formação em diversas áreas do conhecimento.

As investigações do projeto integrado Rede Cartografia de Poéticas Orais do Brasil atestam o informado acima. O mapeamento identificou pesquisas nas áreas de Artes Cênicas, História, Antropologia, Sociologia e Comunicação, com uma predominância de projetos na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada e Teoria Literária. Como resultado desse projeto, foi criado o Portal de Poéticas Orais, importante espaço digital de divulgação de tais pesquisas.

EIXOS DE DISCUSSÃO:

  1. Arquivos de saberes: metodologia e registros
  2. Perspectivas teóricas das poéticas orais
  3. Políticas públicas para as culturas populares
Anúncios